Tratamento de Águas Residuais

Depois de utilizarmos a água no nosso dia a dia para inúmeras atividades (cozinhar, limpar, tomar banho, etc), a mesma transforma-se em água residual (esgoto) e necessita de ser tratada para puder ser reutilizada.

A Estação de Tratamento de Águas Residuais tem como principal função receber e tratar as águas residuais, de forma a serem devolvidas ao meio ambiente, em condições ambientalmente seguras. A ETAR pode integrar quatro fases de tratamento: tratamento perliminar, tratamento primário, tratamento secundário e o tratamento terciário.

1. Tratamento Preliminar -
Numa primeira fase, as águas residuais, produzidas pela população através do uso doméstico ou pelas indústrias, chegam à ETAR onde são filtrados e separados os resíduos de maior dimensão.

2. Tratamento Primário -
A seguir, as águas residuais passam pela Decantação Primária, onde as particulas sólidas em suspensão são eliminadas por ação da gravidade.

Clica aqui para visualizar a imagem em maior formato.

undefined

3. Tratamento Secundário - As águas residuais sofrem um Tratamento Biológico, com bactérias que digerem a matéria orgânica existente. A seguir, passam pela Decantação Secundária, que permite o depósito das lamas resultantes da ação das bactérias.

4. Tratamento Terciário - Nesta etapa do tratamento, as águas residuais são submetidas a uma desinfeção e remoção de nutrientes. Removem-se as bactérias, os sólidos em suspensão, os nutrientes em excesso e os compostos tóxicos específicos, tornando-as mais puras. Depois de passar por este tratamento, a água pode ser usada na agricultura, na rega de campos de golfe, na rega de espaços verdes, na lavagem de pavimentos e ruas, entre outras utilizações possíveis.

5. Descarga Final da Água - Finalmente, a água é devolvida à natureza em condições ambientalmente seguras.